Equipe da Atenção Básica já realizou mais de mil curativos domiciliares em dois anos

Buscando prestar uma assistência cada vez mais humanizada e qualificada à população, a Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Saúde, disponibiliza um serviço de Curativos Domiciliares para pacientes acamados ou que estejam impossibilitados de ir até as Unidades de Saúde da Família. Os curativos são realizados pela equipe da Atenção Básica aos finais de semana e feriados, atendendo pacientes tanto da sede, quanto da zona rural. Desde 2017, quando o serviço começou a ser executado, já foram feitos 1.107 curativos.

O serviço envolve 20 profissionais, sendo 10 técnicos de Enfermagem e 10 motoristas, que se revezam em sistema de escala mensal. De acordo com a enfermeira e coordenadora da Atenção Básica Lainara Lopes, os principais atendimentos são curativos para escaras e úlceras por pressão – feridas geradas por compressão prolongada do local, causada pelo acamamento prolongado. Ela revelou ainda que a realização do serviço requer um investimento alto do município para compra de materiais como gaze, soro e medicamentos especiais, como pomadas para cuidar dos ferimentos e evitar a proliferação de bactérias.

O trabalho é muito organizado e a demanda é passada aos profissionais pelas Unidades de Saúde da Família, através de relatórios semanais que descrevem quantidade de pacientes, endereço, entre outras informações. “Na verdade, trata-se de um trabalho multiprofissional, porque vai desde o Agente Comunitário de Saúde, que é quem está nos domicílios diariamente e vê as necessidades do paciente, passando para a Unidade, até as consultas e visitas que são realizadas durante a semana pelos médicos e enfermeiros”, explicou a coordenadora.